loading...
Conhecendo as Espécies

Qual Melhor Planta para Luz Indireta?

20:55:00




Antes de cultivar uma planta precisamos sempre ter em mente que estamos tratando de um ser vivo.
São necessárias condições básicas para que a planta tenha um bom desenvolvimento, tais como água, iluminação, nutrientes e alguns cuidados.
Um dos principais fatores para um bom desenvolvimento da planta é a luminosidade do local, ou seja, não adianta inverter os "papéis" que não vai dar certo. Nenhuma planta é capaz de crescer sadia com a ausência de luz, que é fundamental para o seu desenvolvimento, como também certas espécies não toleram luminosidade excessiva. Algumas espécies necessitam de iluminação indireta, enquanto outras precisam de várias horas de exposição ao sol.
Uma série de processos e reações que envolvem a sobrevivência de uma planta depende da energia que ela absorve da luz. Dentre estes processos, podemos citar a fotossíntese. O tempo necessário de exposição à luz pode variar de planta para planta e o mesmo pode ser dito com relação à intensidade de luz. Plantas suculentas como os cactos, por exemplo, necessitam de luz solar direta pelo menos 5 horas por dia, enquanto que outras nem resistem à exposição aos raios solares diretos. Note que plantas tendem a crescer sempre na direção da fonte de iluminação, por isso, para que cresçam de maneira uniforme, o ideal é girar o vaso periodicamente. Caso sua planta esteja bem adaptada ao local, evite mudá-la bruscamente de lugar, tentando manter os vasos sempre recebendo luminosidade uniforme de acordo com suas necessidades, pois as plantas podem se ressentir com as variações de luz.


Luz indireta e intensa 

* coléus (Coleus blumei)

* arália (Fatsia japonica)

* espada-de-são-jorge (Sanseveria)

* jibóia (Philodendron oxycardium)

* maranta (Marantha)

* peperômia (Peperomia scandens)

* ciclame (Cyclamen persicum)

* gloxínia (Sinningia speciosa)

* agapanto (Agapanthus africanus)

* alstroméria (Alstroemeria pelegrina)

* begônia (Begonia)

* tinhorão (Caladium bicolor)

* calceolária (Calceolaria herbeohybrida)

* clívia (Clivia miniata)

* brinco-de-princesa (Fuchsia hibrida)

* flor-de-cera (Hoya carnosa)

* nandina (Nandina domestica)

* campainha ou ipoméia (Ipomoea tricolor)


* maria-sem-vergonha (Impatiens walleriana)

* beijo-de-frade (Impatiens balsamina)

A escolha de uma determinada planta para sua casa ou jardim nem sempre é uma tarefa fácil, mas acompanhando estas dicas, tudo vai ficar mais fácil.
A maioria destas folhagens são ideais para sala de estar, cozinhas, banheiros, varandas, caragens, etc.

Postagens Relacionadas

0 comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...